Gonorreia

This guide in English Esta guía en Español
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

female gender symbolVocê já ouvi falar de “blenorragia” ou “fogagem”? Esses são nomes para gonorreia. Gonorreia é uma DST comum causada por uma bactéria.

O quanto a gonorreia é comum?

Há mais de 820.000 casos de gonorreia nos EUA a cada ano.

Eu tenho risco?

Qualquer um que tiver contato sexual desprotegido com alguém infectado tem risco de contrair gonorreia.

Como a gonorreia é transmitida?

A gonorreia é transmitida através da relação sexual – oral, anal e vaginal. Mulheres têm muito mais risco de contrair gonorreia dos homens do que os homens das mulheres, mas ambos podem contrair. A gonorreia também pode ser transmitida para os olhos através da mão ou outra parte do corpo que contenha fluídos corporais infectados.

Quais são os sintomas da gonorreia?

Você pode apresentar qualquer sintoma se tiver gonorreia. Os sintomas, tipicamente, se manifestam dentro de 2-10 dias após a infecção, mas eles também podem levar muitos anos para se manifestar. Você pode transmitir gonorreia apresentando ou não sintomas.

Sintomas de gonorreia nas meninas incluem:

  • Corrimento vaginal
  • Sensação de queimação ao urinar
  • Dor na relação sexual
  • Dor em baixo ventre (dor pélvica)
  • Irregularidade menstrual

Sintomas nos meninos incluem:

  • Corrimento leitoso no pênis
  • Sensação de queimação ao urinar
  • Dor ou inchaço em um testículo

Sintomas de gonorreia tanto nas meninas quanto nos meninos incluem:

  • Dor de garganta (para gonorreia na garganta)
  • Dor, corrimento e sangramento anal (para a gonorreia no ânus)
  • Vermelhidão, coceira ou secreção nos olhos (para a gonorreia nos olhos)
  • Inchaço nas articulações e rash cutâneo (para gonorreia nas articulações)

Como a gonorreia é diagnosticada?

Seu médico pode diagnosticar gonorreia através de uma amostra de urina, de secreção vaginal, do ânus ou da uretra, ou através da coleta de um swab de áreas afetadas (pênis, vagina, cérvice, ânus, garganta, olhos). É importante fazer o teste para que seu médico possa tratá-la para a doença certa (clamídia e gonorreia apresentam sintomas parecidos mas necessitam de tratamentos diferentes).

Existe uma cura para a gonorreia?

Sim. A gonorreia pode ser curada com antibióticos prescritos pelo seu médico. Se você tratar a gonorreia precocemente, ela é geralmente curada com antibióticos. Recentemente, a bactéria que causa gonorreia tem se tornado resistente a alguns antibióticos (isso significa que o remédio não mata mais a bactéria), tornando mais importante que pessoas infectadas tomem a medicação a tempo. Quanto mais cedo a gonorreia for tratada, mais fácil é a cura. Se a infecção não for tratada, ela pode se espalhar e causar infecções pélvicas, as quais podem necessitar tempo mais longo de antibiótico. Você pode até ser hospitalizada se a infecção ficar grave.

A gonorreia é perigosa?

A gonorreia pode causar problemas sérios se não tratada. Pode se espalhar de uma região do trato reprodutivo para outras áreas próximas. Meninas que foram infectadas pela gonorreia têm mais risco de apresentar uma gestação nas trompas (“gestação ectópica”) ou dor pélvica. Há também um risco de a gonorreia se espalhar na corrente sanguínea e causar febre, calafrios, bolhas na pele, ou artrite.

Como posso prevenir a transmissão de gonorreia?

  • Se você acha que tem gonorreia, você não deve ter relações sexuais. Se você tiver gonorreia, você pode transmiti-la para outra pessoa. Você deve esperar até o fim do tratamento e seu médico dizer que você está curada.
  • Certifique-se de contar ao seus parceiros atual e anteriores que você tem gonorreia, já que você pode tê-los infectados, ou eles podem ter transmitido para você e para outros. Se você achar isso difícil de ser feito, fale com seu médico sobre as maneiras possíveis para informa-los e tratá-los.
  • Você deve se certificar de que seu parceiro seja testado e tratado (se infectado) ao mesmo tempo que você, para que vocês não se reinfectem.
  • Certifique-se de usar preservativo de látex (ou poliuretano se for alérgica ao látex) todas as vezes que mantiver relação sexual vaginal, anal ou oral.

Como posso evitar contrair gonorreia?

A melhor maneira de não contrair gonorreia é não tendo relações sexuais. Se você decidir manter relações sexuais, certifique-se de usar preservativo toda vez que tiver sexo vaginal, anal ou oral.