Prós e Contras de Diferentes Métodos Contraceptivos

This guide in English
Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page
contraceptives

Aqui está a lista de muitos métodos de contracepção disponíveis e os prós e contras de cada método.

Pílulas Anticoncepcionais
Taxa de sucesso com o uso típico: 91%
Prós:Contras:
  • Muito efetivas na prevenção de uma gestação se usadas corretamente
  • Tornam os períodos menstruais mais regulares e leves
  • Diminuem a acne e as cólicas menstruais
  • Diminuem suas chances de desenvolver câncer de endométrio e de ovário, doença inflamatória pélvica, cistos ovarianos e anemia
  • Não interrompem a relação sexual
  • Não protegem contra DSTs
  • Dependendo do seguro de saúde, sua pílula pode ser adquirida gratuitamente ou através de co-pagamento
  • Necessidade de lembrar de tomá-las todos os dias no mesmo horário
  • Não podem ser usada por mulheres com determinados problemas médicos ou por mulheres que fazem uso de certos tipos de medicações
  • Ocasionalmente, podem causar alguns efeitos colaterais como náuseas, aumento de apetite, dor de cabeça e, muito raramente, trombose
  • Necessitam prescrição médica
  • Ainda requerem o uso de preservativos para redução das chances de contrair uma DST
Anel Vaginal Hormonal (Nuva-Ring)
Taxa de sucesso com o uso típico: 91%
Prós:Contras:
  • Muito efetivo contra uma gravidez se usado corretamente
  • Torna os ciclos menstruais mais regulares e leves
  • Diminui as cólicas vaginais e a acne
  • Reduz suas chances de desenvolver câncer de endométrio e de ovário, doença inflamatória pélvica, cistos ovarianos e anemia
  • Não interrompem a relação sexual
  • Não protege contra DSTs
  • Ainda requer o uso de preservativos para redução dos riscos de DSTs
  • Não pode ser usado por mulheres com certos problemas médicos
  • Pode, ocasionalmente, causar alguns efeitos colaterais como náuseas, aumento de apetite, dores de cabeça
  • Aumento do risco de trombose
  • Necessidade de prescrição médica
Adesivo Hormonal (Ortho-Evra)
Taxa de sucesso com o uso típico: 91%
Prós:Contras:
  • Muito efetivo contra uma gravidez se usado corretamente
  • Torna os períodos menstruais mais regulares e leves
  • Diminui as cólicas menstruais e a acne
  • Reduz suas chances de desenvolver câncer de ovário e de endométrio, doença inflamatória pélvica, cistos ovarianos e anemia
  • Não interrompe a relação sexual
  • Não protege contra DSTs
  • Ainda requer o uso de preservativos para diminuir o risco de DSTs
  • Não pode ser usado por mulheres com certos problemas médicos ou por mulheres que tomam certo tipos de medicações
  • Pode, ocasionalmente, causar certos efeitos colaterais como náuseas, aumento do apetite, dores de cabeça e sangramento irregular nos primeiros ciclos menstruais
  • Aumento do risco de trombose
  • Necessidade prescrição médica
Injeção Hormonal de Depo-provera
Taxa de sucesso com o uso típico: 94%
Prós:Contras:
  • Cada injeção provê 3 meses de proteção contra uma gravidez
  • Muito efetiva na prevenção de uma gestação se usada corretamente
  • Muitas mulheres cessam suas menstruações enquanto estão sob o efeito das injeções. (Isso não é um problema médico e os períodos menstruais retornam 6-18 meses após a interrupção das injeções)
  • Ajuda na proteção contra câncer de endométrio
  • Não interrompe a atividade sexual
  • Não protege contra DSTs
  • Necessidade de aplicação da injeção a cada três meses
  • Dependendo do seu seguro de saúde, você pode adquiri-la gratuitamente ou através de co-pagamento
  • Pode causar efeitos colaterais como ganho de peso, cansaço e possível decréscimo na densidade óssea
  • Muitas mulheres apresentam sangramento menstrual irregular nos primeiros 3-6 meses de uso e, às vezes, até por mais tempo
Preservativo Masculino
Taxa de sucesso com o uso típico: 82%
Prós:Contras:
  • Diminui os riscos de DSTs
  • Contracepção que provê a maior proteção contra doenças sexualmente transmissíveis (preservativos de látex são os melhores)
  • Baixo custo (50 centavos de dólares cada), pode ser comprado em quase todas as farmácias (sem necessidade de prescrição médica)
  • Os homens percebem que podem “durar mais tempo” quando usam preservativos
  • Permite aos homens tomarem parte ativa na prevenção contra uma gravidez
  • Necessidade de trocar de preservativo a cada relação sexual (pode apenas ser usado uma vez)
  • Pode interromper/perturbar a atividade sexual já que precisa ser colocado logo antes da penetração
  • Pode estourar
  • Mulheres podem ser alérgicas ao látex
Preservativo Feminino
Taxa de sucesso com o uso típico: 79%
Prós:Contras:
  • Provê proteção contra DSTs (produto novo, então não está muito claro a quantidade de proteção que é dada) e contra uma gestação
  • Pode ser inserido bem antes da relação, interrompendo menos a atividade sexual
  • Os homens não necessitam retirar o pênis logo após a ejaculação, ao contrário do preservativo masculino
  • Pode se mover, ser barulhento ou desconfortável
  • Pode ser apenas utilizado em um ato sexual
  • Custa aproximadamente $2,5 dólares cada
Implantes Hormonais
Taxa de sucesso com o uso típico: 99%
Prós:Contras:
  • Método contraceptivo de longo prazo (protegem contra uma gestação entre 24 horas a 3 anos após a inserção—podem ser removidos quando você quiser ou até que o implante atinja seu o prazo de troca
  • Muito efetivos na prevenção de uma gestação
  • Podem causar períodos menstruais leves ou ausência de sangramento
  • Não protegem contra DSTs
  • Requerem uma pequena cirurgia e a inserção de um pequeno bastão por baixo da sua pele
  • Necessitam de um pequeno procedimento cirúrgico para a remoção do bastão
  • Podem causar efeitos colaterais como menstruações irregulares, depressão, nervosismo, queda de cabelo e ganho de peso
  • Possibilidade de ocorrência de infecção na área onde a cápsula foi implantada
  • Não podem ser usados por mulheres com certas condições médicas ou por mulheres que usam certos tipos de medicamentos
Dispositivo Intra-uterino (DIU)
Taxa de sucesso com o uso típico: 99%
Prós:Contras:
  • Muito efetivo contra uma gravidez
  • Provê proteção contra gestação desde que esteja dentro do útero— oferece proteção logo após a inserção (então, não é necessário lembra-se de usar contracepção quando manter relação sexual)
  • Não necessita de atenção diária — só é necessário verificar se está no lugar adequado pelo menos uma vez por mês durante o período menstrual
  • Confortável—você e seu parceiro não conseguem sentir o DIU embora seu parceiro possa sentira fio.
  • O DIU de Levonogestrel (Mirena) diminui o fluxo menstrual e pode ser usado para o tratamento de menstruações intensas
  • Pode ser removido a qualquer hora e você poderá engravidar a qualquer momento após a retirada
  • Não protege contra DSTs e não deve ser utilizado quando risco elevado de DSTs
  • Deve ser inserido por um médico
  • Pode escapar ou raramente pode perfurar o útero
  • O DIU de cobre pode apresentar efeitos colaterais como cólicas menstruais, menstruações mais intensas ou longas e sangramento entre os períodos menstruais
  • Risco levemente maior de DSTS nos primeiros 20 dias após a inserção
Esponja Contraceptiva
Taxa de sucesso com o uso típico: 76-88%
Prós:Contras:
  • Pode ser inserida logo antes ou algumas horas antes da relação sexual e irá proporcionar proteção contra gestação por um total de 24 horas
  • Não necessita de prescrição médica.
  • Não protege contra DSTs e pode aumentar o risco de infecção pelo HIV em mulheres que mantêm muitas relações sexuais por dia, devido à irritação causada pelo espermicida
  • Não pode ser retirada até 6 horas após a relação sexual
  • Não pode ser usada por mulheres que são alérgicas ao nonoxynol-9 (no espermicida)
  • Aumenta o risco de infecção do trato urinário
Capuz Cervical
Taxa de sucesso com o uso típico: 86%
Prós:Contras:
  • Pode ser inserido várias horas antes da relação sexual
  • Pode ser mantido no lugar por 24-48 horas, manterá o sexo seguro por 48 horas
  • Necessidade de aplicação de menor quantidade de espermicida com o capuz do que com o diafragma, não há necessidade de aplicação de quantidade adicional de espermicida a cada relação sexual
  • Não protege contra DSTs
  • Custa entorno de $30-50 dólares, mais o custo do gel espermicida
  • Necessita ser inserido por um médico e precisa de prescrição médica
  • Poucos tamanhos disponíveis
  • Não pode ser retirado até 6-8 horas após a relação
  • Pode se deslocar do lugar
  • Algumas mulheres podem ser alérgicas ao material do capuz e do espermicida
  • Não pode ser utilizado por mulheres com exame de Papanicolau anormal
  • Pode aumentar as chances de infecções do trato urinário
Espermicida
Taxa de sucesso com o uso típico: 72%
Prós:Contras:
  • Baixo custo, disponível em muitas farmácias
  • Não necessita de receita médica
  • Não protege contra DSTs e pode aumentar o risco de Infecção pelo HIV em mulheres que mantêm relações sexuais diversas vezes ao dia, devido a irritação pelo espermicida
  • A efetividade geralmente dura apenas uma hora (necessidade de reaplicação a cada relação sexual)
  • Algumas mulheres e homens podem ser alérgicos ao espermicida
  • Pode interromper a atividade sexual (alguns tipos devem ser inseridos 10-20 minutos antes do coito)
  • Tem efetividade menor contra uma gravidez do que muitos outros tipos de contracepção- deve ser utilizado junto com outras forma de contracepção para aumentar a efetividade
  • Aumenta a chance de infecções do trato urinário
Diafragma
Taxa de sucesso com o uso típico: 88%
Prós:Contras:
  • Pode ser inserido logo antes ou 2-3 horas antes da relação
  • Não necessita ser retirado entre os atos sexuais (protege contra gravidez por 6 horas, mas necessita reaplicação do espermicida)
  • Não protege contra DSTs
  • Necessita ser colocado por um médico e precisa de prescrição médica
  • Pode ser difícil de encontrar
  • Não pode ser retirado até 6 horas após a relação
  • Custa entre $25-45 dólares, mais ocusto do gel espermicida
  • Pode sair do lugar durante a relação sexual
  • Algumas mulheres podem ser alérgicas ao diafragma ou ao espermicida
  • Necessita ser recolocado após um ganho ou perda de 4.6 kg de peso ou após uma gestação
  • Pode deixar a região genital grudenta
  • O espermicida precisa ser reaplicado a cada ato sexual
  • Pode aumentar as chances de infecção urinária
Método da Amenorreia Lactacional (LAM)
 Taxa de sucesso com o uso típico (apenas se todas as recomendações forem respeitadas): 98%
Prós:Contras:
  • Natural
  • Ausência de custo
  • Ausência de efeito colateral
  • É apenas efetivo guando a mulher deu a luz nos últimos 6 meses, quando não apresentou nenhum ciclo menstrual após o nascimento e guando está amamentando exclusivamente seu bebê
  • Não protege contra DSTs
  • É apenas efetivo até o retorno dos ciclos menstruais
  • Pode ser necessário o uso de um lubrificante vaginal, devido à secura vaginal
Método da Tabelinha
Taxa de sucesso com o uso típico: 76%
Prós:Contras:
  • Natural
  • Aprovado por muitas religiões
  • Mulheres passam a conhecer seus corpos e ciclos menstruais
  • Pode ser útil para casais que são muito cuidadosos e que não mantêm relações sexuais durante o periodo ovulatário, inclusive muitos dias antes e depois deste
  • Não protege contra DSTs
  • Necessidade de conhecimento do período ovulatório de cada mês uma vez que este pode ser diferente de um mês para outro, e mulheres jovens geralmente apresentam ciclos irregulares
  • Trabalhoso — necessidade de instruções cuidadosas e de conhecimento da mulher sobre seu período ovulatório
  • Relações sexuais não devem ser realizadas por, pelo menos,1 semana por mês (durante a ovulação e alguns dias antes e depois dela)
  • Adolescentes e mulheres com menstruações irregulares não devem utilizar este método — a taxa de falha é alta
Laqueadura Tubária (Esterilização Feminina)
Taxa de sucesso com o uso típico: 99%
Prós:Contras:
  • Muito efetivo contra uma gestação
  • Decisão única que protegerá contra uma gestação pelo resto da vida
  • Necessidade de procedimento cirúrgico
  • Definitivo (embora seja possível desfazer a laqueadura com uma cirurgia, esta não é sempre bem sucedida)
  • Apenas deve ser utilizado por mulheres que têm absoluta certeza de que não querem ter filhos ou de que não querem mais ter filhos
  • Caro—varia de $1000-2500 dólares—mas o custo da contracepção se dilui para o resto da vida
  • Não protege contra DSTs
Coito Interrompido
Taxa de sucesso com o uso típico: 78%
Prós:Contras:
  • Natural, sem efeitos colaterais
  • Ausência de custo
  • Permite ao homem ser parte ative na prevenção contra uma gestação
  • Não protege contra DSTs
  • Não é um método contraceptivo muito efetivo
  • É difícil para o homem sempre prever uma ejaculação
  • Pode diminuir o prazer sexual da mulher já que há a necessidade de sempre estar pensando sobre o que está acontecendo durante o ato sexual
  • Não é controlado pela mulher- necessidade de confiança plena no homem quanto à proteção contra uma gestação